Número total de visualizações de página

domingo, 25 de novembro de 2012

Entrega

Fui-me entregando aos poucos,
Cada vez com mais prazer.
Foram momentos loucos,
De beijos, carícias, paixão.
Corpos fundidos, suados,
Enlaçados num turbilhão
De espasmos e de gemidos,
De abandono e de bem querer
Que se seguem à explosão,
Da posse e do prazer.

Helena

Era o caminho

Era o caminho
Era o traço
Eras tu
Meu olhar de melaço
Era o laço
Que então me deitavas
Era o caminho
Era a rua
Era eu que sorria
E desfazia
O embaraço
Era o caminho
Era o passo
Que lado a lado
Agora trazia
A minha mão na tua!

HSC